A DiretorA

Tetê Nahas nasceu em Aracaju, nos anos 60. Por intermédio de um vizinho e amigo, aos 5 anos, começou a fazer teatro, com pequenas participações, recebendo aulas e ensinamentos do também ator e bailarino Bosco Scaffs. A estréia foi no infantil “ As ave de Jujuba e Teteca”, apresentado em uma escola pública de Aracaju, com produção do grupo Grifacaca. Ainda adolescente, nos anos 70 e 80, participou como atriz e bailarina de todas as produções do Grupo Check UP, comandado por Bosco Scaffs. “ Inri o ato da Iluminação”, “Assinax” e “ Original até certo ponto” foram alguns dos espetáculos que participou. Paralelo ao teatro, ingressou em grupos de dança, a exemplo do Raça Real, do Balé Municipal de Dança Contemporânea e uma curta passagem pela Academia Iracema Maynard. Ainda nos anos 80, integrou o Grupo Teatral Imagem e o Grupo Asas de Teatro, sendo que no primeiro, estreou como coreógrafa e no segundo, como iluminadora. Foi nesse período que começou a carreira de cantora, com participação na Banda Zé Íedo, de músicas folclóricas, no show Pixaim e como Backing Vocal de Tonho Baixinho, Neu Fontes e outros cantores. Em 1991, prestes a completar 25 anos e já trabalhando como professora de teatro na rede municipal, Tetê recebe o convite para integrar o Grupo Teatral Imbuaça, onde participa de produções por 17 anos. Foram inúmeras experiências positivas com o grupo, como a participação como professora na Universidade de Cuba, diversos prêmios e críticas positivas, temporada em Portugal e peça com Marília Pêra. Em televisão, Tetê se destacou com sua participação na minissérie global “ Tereza Batista” de 1992 e entre 2003-2013 participou do quadro “São João da Gente” da TV Sergipe com a personagem Urânia. Desde 2008, tem se dedicado aos cursos de formação de atores e direção de espetáculos musicais. “ Os Saltimbancos”, “ O mágico de OZ”, “ A Paixão de Cristo”, “ Alerquim Servidor de Dois Amos” e outros. Em 2012 monta “ O Corcunda de Notre Dame”, na própria companhia de teatro que leva seu nome. O espetáculo marca as comemorações dos 40 anos de carreira da artista e o investimento em um novo segmento artístico: o teatro musical.